Por que eu sou cristão?

Publicado março 24, 2018 by admin in blog

Nasci numa família cristã, num país majoritariamente cristão e tudo indica que eu deveria ser um cristão, sem questionar muito – exceto na adolescência. Mas o caminho do óbvio não é mais o caminho da grande maioria. Mesmo se você nasceu num lar católico ou evangélico, isto não significa que você abraçará – por força da tradição ou dos costumes – a fé dos seus pais. Fé, aliás, que é uma questão bem pessoal, e justamente por isso, não parece mais ser da alçada da família.

Fui chamado por Deus

Eu sou cristão pela eleição de Deus e pela convicção deste chamado. Embora a tradição da família tenha tido papel importante nisso, me tornei cristão ao compreender o sentido desta fé e abraça-la como verdade para minha vida. Outros tantos que tinham histórias iguais à minha – uma centena de adolescentes frequentava à igreja junto comigo. Hoje apenas alguns tem uma relação com a igreja – mas este não tomaram a mesma decisão que eu tomei. Assumir que o chamado de Deus é verdadeiro e foi feito pessoalmente à mim. E eu quero dizer, para você também.

Mas que chamado é este? Deus nos criou para vivermos numa relação de proximidade, mutualidade e responsabilidade juntos dele. Porém nossa ansia por independência e a curiosidade que vai além da necessidade fez-nos trilhar outro caminho. Escolhemos a desobediência a Deus.

O problema do pecado

Como consequência desta rebeldia colhemos o pecado. Que muito além de falhas e erros de ordem moral, é o nosso afastamento de Deus, nossa rebeldia contra o criador, nosso grito de liberdade que nos faz escravos de nossas próprias vontades. Não preciso te explicar o estrago que o pecado faz em nossas vidas. Até mesmo quando tentamos buscar o bem, acabamos por errar e nos prejudicar.

A grande notícia!

Deus, que desde o inicio nos chamou para viver perto dele, nos chama mais uma vez. Em Jesus Cristo, o verdadeiro Deus e verdadeiro homem, temos a revelação do Deus invisível de forma visível. Jesus nos abre o caminho de volta para o Pai e acaba de uma vez com todas com o muro que nos separava de Deus. Ele faz isto entregando-se a si mesmo por nós. Ele sofre o juízo e a pena que era nossa.

Em troca ele nos liberta do nosso pecado e nos dá novamente a liberdade. Esta liberdade é que nos transporta de volta a uma relação de proximidade com Deus e nos garante uma vida eterna junto de Deus.

Um chamado que vale para sempre

Mas este chamado não é algo pontual, algo para um momento especifico da vida. Ele é um chamado que precisa ser diariamente relembrado e revivido. Isto se chama discipulado. Depois de entendermos o chamado de Deus e sua eleição para a salvação, buscamos viver a fé obediente, alicerçada na Palavra de Deus e vivida em uma comunidade cristã, cuja tarefa principal é chamar outros para serem conscientes deste mesmo chamado de Deus e para vivenciarem, junto conosco, a alegria de ser salvo.

Isto faz sentido para você? Então marque uma conversa comigo ou faça uma visita ao nosso culto aos sábados 19:30h. Quero continuar essa conversa contigo!

No Response to “Por que eu sou cristão?”

Comments are closed.